sábado, 20 de janeiro de 2018

ANTIGO REGIME I

Antigo Regime: período da História da Europa situado entre os séculos XVI e XVIII

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS

Economia: predominantemente agrícola; expansão do capitalismo comercial; adoção do Mercantilismo.

Política: Absolutismo, regime no qual o Rei reunia todos os poderes, fundamentando-se no direito divino.

Sociedade: de Ordens (Clero, Nobreza, Povo); sociedade estratificada e hierarquizada (privilegiados e não-privilegiados).

Cultura: Arte Barroca, associada à Contra-Reforma e ao Absolutismo.




POLÍTICA MERCANTILISTA:
Mercantilismo: política económica dos séculos XVII e XVIII que defende que a riqueza de um Estado se mede pela quantidade de metais preciosos que guarda nos seus cofres.

Em França

O modelo mercantilista de Colbert (ministro de Luís XIV):




Em Portugal

As medidas mercantilistas do Conde da Ericeira (Vedor da Fazenda de D.PedroII):
  • Criação de manufaturas nos setores dos lanifícios sedas, chapéus, vidro e ferro;
  • A importação de equipamentos e técnicos estrangeiros;
  • A concessão de subsídios, benefícios fiscais e monopólios de fabrico às manufaturas;
  • A aprovação de leis pragmáticas que proibiam o uso de artigos de luxo, como panos, louças e vidros de origem estrangeira
Fracasso das medidas mercantilistas em Portugal:
  • A descoberta de ouro e diamantes no Brasil (permitiu o pagamento das importações);
  • O Tratado de Methuen (1703) – permitiu a livre entrada dos lanifícios ingleses em Portugal  como contrapartida à circulação dos vinhos portugueses nos mercados ingleses, mediante taxas mais favoráveis.
  • 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.